imagem_3_-_echilibra_4227_4409

Do olhar industrial para a iluminação

12 de janeiro de 2016

A indústria trabalhou em linhas variadas nesta temporada para apresentar seus concorrentes na Iluminação. O resultado dessa abordagem múltipla vai da delicadeza de dispositivos para vitrines até a robustez de um conjunto de postes. Conheça os sete projetos industriais que concorrem na categoria Iluminação do Prêmio Salão Design 2016:

 

4081 (1)

Projeto: EYE361°

Oferece novas possibilidades na iluminação de vitrines, como flexibilidade, fluxo luminoso e eficiência energética. Seu funcionamento é inovador pela maneira como é realizada a condução elétrica na luminária, permitindo o ajuste dos focos luminosos horizontal e verticalmente em qualquer posição. Pela aplicação do LED como fonte luminosa, apresenta alta eficiência.

 

4152 (2)

Projeto: Coleção Desapego

Luminária modular, parcialmente embutida, feita em chapas de aço com pintura acetinada. É composta de duas partes: a primeira, uma placa de instalação preta onde ficam os dispositivos de LED parcialmente embutidos. A segunda, placas quadradas e curvadas brancas fixadas por meio de ímãs, o que permite flexibilidade de composição. Seu diferencial é a simplicidade quase crua. A variação e os efeitos de sombra e rebatimento da luz são surpreendentes.

 

imagem_3_-_echilibra_4227_4409

Projeto: Echilibra

Inspirado na flauta transversal, o pendente linear Echilibra, é suspenso por um lado só. A luminária de visual simples e desafiador é resultado da utilização de um contrapeso de aço maciço em uma das extremidades e um delicado tubo de alumínio no lado oposto, ambos usinados. Ideal para a aplicação em ambientes de escritório e sobre mesas de trabalho, seu facho é direcionável, proporcionando um maior controle de ofuscamento. Seu tubo com o LED aplicado pode ser rotacionado em 355°, possibilitando a aplicação da luminária em outras situações, como luz geral indireta ou iluminação direcionada para quadros.

 

4265 (1)

Projeto: Luminária Sol

A luz do Sol é a principal fonte de energia da Terra. Considerando esse princípio, a linha de luminárias procura, através da forma, do uso dos materiais e da tecnologia, lembrar o que a estrela maior emite quando nasce e se pões no horizonte todos os dias. Pode ser usada no piso, teto ou mesa. Os materiais empregados são anel em madeira, iluminação com fita de Led; luz dimerizável; difusor em acrílico e detalhes em latão.

 

4267

Projeto: Luminária Pirulito

Inspirada nos gradis e cobogós da arquitetura carioca, a linha permite que a luz passe por entre os grafismos. Os fios são aparentes e fazem parte da estética do produto e evitam a necessidade de instalação elétrica específica. Disponível em dois tamanhos e três motivos gráficos, as luminárias levam os nomes dos bairros cariocas que a inspiraram.

 

4656

Projeto: Postes do Parque Olímpico

Desenvolvido para atender a necessidade especificada em briefing com inspiração e criação baseadas no tema Olimpíadas, como por exemplo braços em forma de ‘V’ que sustentam luminárias como troféus. São três modelos: Perfeição dos Jogos, Mastro Olímpico e V da Vitória. Minimalista, a coleção tem estruturas esbeltas e prima pela máxima transparência. Sua potência é controlável, bem como a altura. E, suas colunas, há um dispositivo para instalação de suportes para banners.

 

farol

Projeto: Farol

 A linha Farol é uma releitura lúdica da antiga lanterna sinalizadora usada no passado em ferrovias e portos. Os criadores reinterpretaram peças antigas que prestavam a função de iluminar, normalmente com o uso de uma vela. São objetos que entraram em desuso e acabaram virando peças decorativas, como a palmatória de latão e a lanterna sinalizadora. Composta de abajur e lustre, tem cúpula direcionável para leitura ou efeito com o feixe de luz. O pendente, com haste regulável, usa uma cúpula (farol) que gira 360 graus tanto no eixo vertical como no eixo horizontal, dando total liberdade para direcionar o feixe de luz.

Tags:, ,