Finalistas da edição: Que tal essas mesinhas de apoio?

3 de dezembro de 2019

Mesinha Bold

Finalista na categoria Espaços em Transformação | Modalidade Estudante

 Mesinha Bold 1

A mesinha Bold traduz a necessidade do jovem moderno em uma peça pensada para ser um híbrido entre trabalho e o bem estar do lar. O projeto é uma mesinha de centro pensada para dar flexibilidade e ergonomia ao trabalho, é ideal para espaços pequenos que não suportam uma desk. A mesa é dividida em duas partes: quando separada, a parte superior é uma mesinha para apoio de notebook. Ainda assim, a parte inferior continua na função de mesa de centro.

 

Mesa Vibra

Finalista na categoria Espaços em Transformação | Modalidade Profissional

 Mesa Vibra3

A Mesa Vibra molda-se ao formato de outro objeto ou espaço ou adquire múltiplas formas de acordo com a necessidade do usuário. É amorfa, adaptável, lúdica, interativa e integrativa. Tem o tampo de aproximadamente 100 peças deslizantes e forte brasilidade, não só pelo uso de um material nativo, mas por trazer referências formais de uma cultura vibrante de movimento e ritmo. É feita em madeira maçaranduba.

 

Mesa Sun

Finalista na categoria Espaços em Transformação | Modalidade Profissional

Mesa Sun2

Sun é uma mesa de apoio múltiplo, podendo ser aplicada lateralmente, aproximada sobre o sofá ou sobreposta a mesas de centro. Fácil de mover e segura, atende a demanda por produtos versáteis e nômades. Feita em chapa de aço e madeira maciça, tem alta estabilidade e segurança contra tombos ou quedas. Esteticamente combina volumes escultóricos, buscando pelo mínimo ao mesmo tempo em que explora elementos e volumes contrapostos.

 

Mesa Flutua

Finalista na categoria Espaços em Transformação | Modalidade Profissional

Mesa Flutua 1

O nome vem da sensação de leveza que o tampo possui, contraposto a base em pedra. A área de apoio parece flutuar conforme o ângulo de observação. As hastes que ligam tampo e base conotam o voo, uma vez que se projetam para trás, como asas. Feita em pedra, barra de aço e MDF revestido com lâmina de madeira, é fácil de mover e segura contra tombos, atendendo a demanda por produtos versáteis e nômades.

 

Mesa Zals

Finalista na categoria Identidade Brasileira | Modalidade Estudante

Mesa Zals 1

A mesa de centro Zals tem como conceito a fusão da estética modernista brasileira com soluções para o contexto contemporâneo do design de móveis. As linhas retas, simples e agudas dos trabalhos de Jorge Zalszupin e Zanine Caldas foram a principal fonte de inspiração para a construção formal da peça. Por outro lado, os materiais e processos de fabricação seguiram as demandas projetuais da indústria moveleira atual. A montagem da peça é feita de forma simples e rápida. O tecido de algodão pode ser facilmente removido para eventuais limpezas.

 

Mesa de Apoio Antonina

Finalista na categoria Identidade Brasileira | Modalidade Profissional

Mesa Antonina1

Mesas inspiradas nos arcos catenários presentes nas obras arquitetônicas de Antonie Gaudi. Podem compor um trio ou fazer composições separadas uma a uma com alturas diferentes. Os arcos são estruturas de lâminas moldadas de madeira.  Curvas moldadas com toque industrial com a presença do aço Corten cortado a laser.

 

Mesa de centro Cob

Finalista no Desafio do Uso do Painel | Modalidade Profissional

Mesa Cob 1

A mesa de centro Cob foi inspirada nos cobogós, elementos vazados muito difundidos na arquitetura nacional, e tira partido dos vazios e dos planos inclinados para criar uma superfície dinâmica, com forte impacto visual e resultado original. Seu desenho modulado permite a fabricação em diversos tamanhos e formatos, sem perder a estética, tornando-a versátil e adaptável a vários layouts e espaços. Pode acompanhar tampo em vidro incolor em toda ou parte da superfície.

 

Mesa de centro Air

Finalista no Desafio da Tecnologia Embutida | Modalidade Profissional

 Mesa Air1

A linha Air é um sistema modular que pode ser configurado tanto a partir das propostas pré-determinadas quanto sob medida, de acordo com as preferências usuário. A ideia é que a peça possa sempre ser reinterpretada e renovada, bastando alternar o arranjo dos módulos ou buscar atualizações para o produto, uma vez que a base permanecerá a mesma. As peças podem, ainda, ser utilizadas sem elemento algum, revelando a pureza geométrica e a precisão construtiva.

 

Mesa de centro e lateral Drie

Finalista no Desafio das Experiências Positivistas | Modalidade Profissional

Mesa Drie1

A mesa de centro e mesa lateral Drie representam a aliança entre funcionalidade e estética, onde o conceito de três superfícies dispostas em uma base de aço ofertam ao usuário características únicas de leveza e praticidade. Linhas modernas e limpas definem as peças, mesclando possibilidades de acabamento dos materiais que as compõem, o que as tornam puras e contemporâneas. Estrutura em aço com acabamento metalizado, preto microtexturizado ou marrom corten. Tampos com lâmina de carvalho.

 

 

 

>> CRONOGRAMA DO PRÊMIO SALÃO DESIGN 2020

 

Entrega dos produtos para a etapa final: dias 15, 16 e 17 de janeiro de 2020, das 9h às 11h30min e das 13h30min às 17h

Etapa final de julgamento: 27 e 28 de janeiro de 2020

Divulgação dos vencedores: 10 de fevereiro de 2020

Mostra dos vencedores e menções: Movelsul Brasil 2020, de 16 a 19 de 2020, em Bento Gonçalves

Cerimônia de premiação: 18 de março de 2020, em Bento Gonçalves

Segunda mostra dos premiados: São Paulo Design Weekend, agosto de 2020

 

Siga o Prêmio Salão Design nas mídias sociais: @premiosalaodesign

 

Tags: