elemento_fotogr_4294_1092

Mobiliário urbano é o cerne das criações do estúdio Elemento, de Montevidéu

22 de junho de 2016

Robusto e vertiginoso, o banco Street Fighter, criação dos uruguaios Nicolás Noblia e Pablo D’Angelo, representa o espírito da cidade moderna. Talvez um retrato da Montevidéu que sedia o estúdio da dupla, chamado Elemento Diseño e Innovación. O projeto, premiado nessa 20ª edição do Prêmio Salão Design na categoria Móveis para Área Externa, é inspirado no avião de combate F-117 e o produto ganha vida com o jogo de luz e sombra.

4294

O trabalho da dupla mistura processos tradicionais e novas tecnologias, numa analogia de criação que envolve processos manuais e, ao mesmo tempo, desenvolvimento digital. Com a natural evolução dos trabalhos e a necessidade de dar respostas a novos desafios, Nicolás e Pablo acabaram ampliando ainda mais o espectro de materiais de seus projetos. Especificamente para projetos de mobiliário destinados à área externa, o estúdio tem marcado suas produções pelo uso de peças com alto teor metalúrgico.

No caso do banco Street Fighter, o objetivo da dupla foi desenvolver um produto inovador, adaptando-se a uma espécie de “guerra urbana” que existe em ser a cidade. O conjunto de planos, como já mencionado, valoriza o movimento da luz e sombras. Sua materialidade, inteiramente de peças de metal, enfatiza este conceito, ao mesmo tempo em que o torna resistente às intempéries e ao vandalismo.

streetfighter_imagen03_4294_3933

Um dos principais eixos na concepção do produto foi o atendimento à situação de não utilização. O transporte e armazenamento são realizados em caixas de madeira, o que otimiza significativamente os custos de distribuição. O nome de Street Fighter e embalagem selecionada, com um estilo militar claro, são elementos que ajudam a criar e contar uma história por trás da peça. Outro fator a ser observado é que a sua complexidade visual é contrastada por uma simplicidade construtiva, que o torna facilmente produtível assim como reparável com ferramental “low-tech” que permite baixos custos de fabricação e venda.

O estúdio Elemento tem quatro anos de atuação e trabalha com esforços concentrados na criação de mobiliário urbano. Em 2014, a empresa levou um prêmio Salão Design – o que impulsionou, no ano seguinte, a criação de produtos domésticos. Com essa segunda premiação, Nicolás e Pablo tiveram o reconhecimento de seu estudo focado na concepção de móveis para produção em série, bem como projetos personalizados.  A internacionalização da empresa é o principal objetivo futuro, através da comercialização dos serviços de design para os países da região.

 

Tags:, , , , ,