juradosBAIXARES

Saiba mais sobre a 21ª edição do Prêmio Salão Design

2 de junho de 2017

O Prêmio Salão Design 2017 já tem seus vencedores: são 11 premiações em dinheiro nas modalidades Estudante, Profissional e Indústria, além de nove menções honrosas, três Troféus Professor Orientador e um Prêmio Madeiras Alternativas – totalizando 24 agraciados. Na etapa final, realizada em maio na Serra Gaúcha, os jurados Brunno Jahara, Glaucia Binda, Ivens Fontoura, Nicole Tomazi e Paulo Biacchi avaliaram pessoalmente mais de 100 produtos finalistas, chegando ao resultado que contempla estúdios do Brasil, Argentina e Uruguai.

De forma geral, a comissão julgadora considerou que essa 21ª edição trouxe produtos bem acabados e revelou novos nomes à cena do design latino-americano. O diretor do Prêmio Salão Design, Eduardo Nuncio, destaca que os premiados formam um conjunto coeso de peças com qualidade formal e funcional, com destaque para inúmeros projetos com características de multifuncionalidade. “Além de serem produtos que apresentam um grande alinhamento entre forma e função, características fundamentais para a avaliação dos jurados, ficamos muito felizes e impressionados com a sensibilidade dos participantes nas questões de sustentabilidade, coerência e criatividade no uso dos materiais, e a visível evolução no quesito acabamento dos produtos apresentados. Isso mostra como vem melhorando ano a ano o nível dos projetos inscritos no prêmio”, avalia.

biko baixa

O produto eleito como mais inovador nessa edição do prêmio é uma criação do estudante da PUC-RIO Daniel Ruben Nasajon e seu professor Cláudio Freitas de Magalhães. Trata-se do talher portátil Biko, considerado pelos jurados um excelente objeto de uso cotidiano, democrático, racional e extremamente comercial. O projeto consiste em um artefato dobrável em formato de bico, ideal para pequenas porções de alimentos. Pode substituir um hashi sem qualquer tipo de desmatamento e também oferece diversas outras possibilidades de uso: catering, pizza francesa, queijos e vinhos, frios e petiscos, dentre outros.

5582

Além das premiações em dinheiro e menções honrosas, o Prêmio Salão Design concede, desde 1996, o Prêmio Madeiras Alternativas – uma categoria especial promovida com apoio do Serviço Florestal Brasileiro que premia um produto com troféu pela pesquisa e uso de espécies não muito utilizadas, além de uma expedição pela diversidade madeireira do Brasil. Pela linha de produtos Família Pi, feita em Muiracatiara Rajada, o designer Alfio Lisi terá a oportunidade de conhecer a sede do Laboratório de Produtos Florestais do Serviço Florestal Brasileiro, em Brasília, e áreas de manejo florestal e processamento de madeira na Amazônia.

O Prêmio Salão Design agrega criatividade e inovação tecnológica ao setor moveleiro por meio do design, sendo realizado desde 1988 pelo Sindmóveis Bento Gonçalves. Em sua história, o prêmio já teve 13.584 projetos inscritos. Nesse ano, a cerimônia de premiação e mostra dos premiados será durante a feira High Design – Home&Office Expo, de 08 a 10 de agosto, no São Paulo Expo, como programação integrante do DW! São Paulo Design Weekend.

Tags:, ,