de de

Premiados,

Premiado no Salão Design 2016 na modalidade Indústria, categoria Iluminação, Eduardo Sola alimenta seu trabalho com estímulos de variados universos, seja marcenaria, cultura pop, moda, fotografia e design. Assim, no momento da criação, características múltiplas acabam vindo à tona.

Para a criação da luminária Echilibra, Eduardo partiu de uma necessidade do mercado de uma luminária de tarefa que não ocupasse espaço na mesa. A peça foi concebida para a La Lampe, de São Paulo, tendo a utilização da fita LED como essencial, o que elimina a formação de sobras rígidas e proporciona formato inovador para o produto – o que seria inviável caso fossem utilizadas lâmpadas convencionais.

4227 (5)

A peça, na verdade, é um pendente linear inspirado na flauta transversal e suspenso por um lado só. O visual simples e desafiador é resultado da utilização de um contrapeso de aço maciço em uma das extremidades e um delicado tubo de alumínio no lado oposto, ambos usinados. Seu facho é direcionável, proporcionando um maior controle de ofuscamento.

Seu tubo com o LED aplicado pode ser rotacionado em 355°, possibilitando a aplicação da luminária em outras situações, como luz geral indireta ou iluminação direcionada para quadros. “Acredito que a forma não precisa ser oposta à função; uma pode e deve ser consequência da outra. O objetivo das minhas criações não é somente focar no formato da peça, mas chegar a algo que tenha um diferencial. Dessa forma, o usuário tem uma melhor relação com o objeto criado”, conta o designer.

Estudando e trabalhando por cerca de dois anos com design gráfico, Eduardo Sola desenvolveu interesse pela tridimensionalização dos seus projetos. A partir disso, migrou para a área de design de produtos e já formado, em 2013, teve o primeiro contato com a La Lampe, desenvolvendo produtos técnicos e eventualmente produtos decorativos. Sola conta que teve grande influência dos criadores do estúdio E27, Giorgio Giorgi e Fabio Falanghe. “Atualmente me interesso também pela movelaria, por isso curso pós-graduação na área, pelo Centro Universitário SENAC. Futuramente pretendo incluir produtos de áreas além da iluminação em meu portfólio”, finaliza.

 

 


Avatar
Por:

Imprensa Sindmóveis

Compartilhar:

Recomendados: