foto_dos_participantesgr_4473_1314

Menção na estreia da marca Ninho a Mão

11 de maio de 2016

O Estúdio Ninho, dos designers Gabriela Kuniyoshi e Vinícius Lopes, está lançando ao mercado neste ano sua nova marca, Ninho a Mão. Com uma proposta de criação, produção e comercialização própria, a ideia é ser um laboratório prático para peças seriadas ou com tiragem reduzida, mas sempre com fortes conceitos que futuramente podem ser incorporados a produtos de produção industrial. Novos materiais e novos conceitos de uso fazem parte da proposta. Assim nasceu o Conjunto Vínculo, Menção Honrosa nessa 20ª edição do Prêmio Salão Design na modalidade profissional, categoria Acessórios Domésticos.

4473 (1)

A pretensão do Conjunto Vínculo, como o próprio nome diz, é ligar, unir, atar uma coisa a outra, estabelecer uma ligação afetiva entre o indivíduo e o objeto; e entre o indivíduo e o ser vivo que está ali protegido, podendo ser tanto uma flor, como também os temperos. É um produto de montagem simples, exigindo apenas um parafuso na parede, para prender a tira superior, pois o próprio peso do cachepô fará com que o suporte em madeira apoie contra a parede, distanciando dela todo o conjunto. Pode ser instalado em superfícies planas ou irregulares e também em ambientes bem diversificados, que abrangem salas, quartos e cozinhas. O suporte em madeira é composto por três peças que se encaixam, torneadas manualmente. O cachepô é produzido em cerâmica e as alças são produzidas em couro sintético.

A fabricação, como conta Vinícius, baseia-se em técnicas artesanais, resgatando a produção manual, impregnada de todo o cuidado e atenção dada aos detalhes de cada peça desse produto. “O nome Ninho a Mão tem forte relação com o conceito da marca, representando a forma artesanal de produção das peças, a forma de comercialização – vendidas diretamente das mãos dos designers – e as características dos produtos, que em grande maioria, são objetos com dimensões reduzidas, que cabem nas mãos e que só ganham vida quando montados e manipulados pelos usuários”, relata.

O Estúdio Ninho é flexível e interdisciplinar, sempre analisando a relação entre o indivíduo, seu ambiente, os objetos que os cercam, o mercado e as características da indústria. A partir de todo esse conhecimento coletado, é que os profissionais do estúdio projetam suas criações, suprindo necessidades e desejos com objetos que contemplem o aspecto funcional e o lúdico. “Estamos sempre atentos aos materiais e soluções funcionais, aliando a produção industrial a processos artesanais e manuais”, descreve Vinícius.

Tags:, , ,