de de

2º Etapa,

renderFoi pensando nos pequenos que as estudantes de Design Jéssica do Canto Pureza e Suzane Miritz criaram a Cadeira Alta Abra Cadabra. Além de ser usada para a alimentação das crianças, a peça – classificada na categoria Móveis para Sala de Estar e Jantar do Salão Design – pode virar uma mesa. O novo formato ganha ainda a companhia de um puff, que funciona como banquinho ou baú. As superfícies acolchoadas, revestidas com tecido de PVC na região do assento e do encosto da cadeira, garantem conforto aos pequenos.

criado2Os estudantes de arquitetura André Diniz Ferri e Luiza Reis e Lima também estão na final do Salão Design. A dupla concorre ao prêmio com o Mobile Un, pensado especialmente para pessoas que vivem em espaços compactos e não abrem mão da praticidade. Composto por vários elementos que combinam entre si, o móvel feito em MDF permite ser usado de diferentes formas: para refeições, jogos, guardar, expor, decorar, organizar, encontrar, receber, esperar, entre outras. Ferri também chega à final com o Criado Me, projetado para oferecer ao usuário algo mais do que um apoio. Além de ser usado como peça decorativa, o móvel também ganha outras funcionalidades: ler, escrever e navegar são atividades que se tornam ainda mais confortáveis sobre o Criado. Clean e prático, o mobiliário apresenta quatro opções de cores que combinam com a madeira clara.

francesa01Criatividade também não falta às estudantes Kika Botelho e Alexandra Nakid. Criadoras da Cafeteira Francesa, as designers concorrem ao prêmio na categoria Acessórios Domésticos. A dupla desenvolveu uma cafeteira de cerâmica, que funciona através da tecnologia de prensagem. O processo consiste em misturar água diretamente ao pó de café, para depois prensar somente o pó com um filtro metálico. Isso permite que a bebida fique pronta em questão de segundos. O estilo refinado faz referência às antigas cafeterias na França, misturando um visual retro-moderno em sua linguagem.


Avatar
Por:

Imprensa Sindmóveis

Compartilhar:

Recomendados: